PERFUME FERRARI BLACK E RED: Características e Preços

O perfume Scuderia Ferrari, seja ele na versão Black ou Red, além de uma ótima escolha de compra pessoal, também é uma belíssima opção de presente para quem você gosta. Por isso iremos falar aqui sobre as características e o preço desses produtos. Confira!


É muito difícil imaginarmos alguém que goste de carros e não goste da gigante Scuderia Ferrari. E não é por menos que o perfume Scuderia Ferrari, seja ele Black ou Red, conseguiu tanta fama por suas características e ótimo preço!

Oferecendo uma boa qualidade, os perfumes Scuderia Ferrari também são ótimas opções de presente para quem você sabe que adora carros.

Por isso mesmo vamos conferir aqui não só as características do perfume Scuderia Ferrari, como também veremos qual a média de preço desse produto no mercado, pegando os valores mais baixos oferecidos pelas lojas no Brasil!

Características do Perfume Scuderia Ferrari Black e Red

Com uma fixação média de três a quatro horas no corpo, os perfumes Scuderia Ferrari, seja Black ou Red, possuem características inconfundíveis e são notados por onde a pessoa passa.

A versão Black, talvez a mais conhecida de todas, equilibra muito bem as notas de frutas e flores, o tornando suave, mas sem perder sua identidade marcante. Esse é muito mais utilizado pelos jovens, na média dos 18 aos 33 anos de idade.

Por outro lado, a versão Red é considerada mais cítrica e sóbria em relação ao Ferrari Black.

Geralmente se usa o Black para a noite, enquanto o Red fica para outros momentos. Entretanto, se analisarmos dos dois perfumes, logo veremos que não existem características muito diferentes entre eles. Vai mais do gosto pessoal e dos momentos para se utilizar.
 

Preço do Perfume Scuderia Ferrari Red e Black

Na hora de falarmos sobre preços, sempre devemos levar em conta que eles podem variar. Mais ainda, precisamos levar em consideração a data atual. No momento em que esta postagem é criada, temos uma média de preço, depois ele poderá variar para mais ou para menos.

Mas vamos ao que interessa, ou seja, sabermos qual a média de preço.

Bem, atualmente o perfumes Ferrari Red 125 varia entre R$ 120,00 a R$ 250.

Entretanto, procurando em sites como Mercado Livre, podemos encontrar preços menores.

Numa busca rápida consegui encontrar um por R$ 89 e outro por R$ 99. Porém, nenhum dos dois me passou confiança de ser um produto legítimo.

Lá achei outro por mais de R$ 800. O que é estranho, pois lojas da internet como a Americanas, por exemplo, é que me confirmaram a média de preço que dei aqui. Ou seja, 800 me parece muito caro.

Quando for comprar no Mercado Livre, nesses casos, é sempre bom vermos não só a qualificação do vendedor, como também devemos procurar a opinião sobre os compradores do produto.

Em resumo, o Scuderia Ferrari Black 125 ml está na média dos R$ 120. Lembrando que existe também uma opção 150 ml um pouco mais cara.

Já o Scuderia Ferrari Red é um pouco mais caro. Este pode ser encontrado entre R$ 150 ou passando dos R$ 200. Portanto, vale a pena dar uma boa pesquisada nas lojas antes de comprar.

Enquanto isso, as versões do Scuderia Ferrari Black e Red 75 ml apresentaram uma variação de valor bastante confusa. Sobre eles, prefiro não me manifestar tentando calcular uma média geral de preço.

Acontece que os valores dos de 75 ml são bem parecidos com os dos de 125 ml. Isso pra não dizer que em algumas lojas online são vendidos mais caros. Bem confuso!


Motor flex falhando na troca de combustíveis: o que é? Por que acontece? Como solucionar ou evitar?

Trocar o combustível no carro com motor flex e verificar que agora está falhando. É realmente um problema frequente para quem tem esse tipo de motor. Porém, por que acontece? É possível solucionar? Como se pode evitar? Responder essas perguntas é o que pretendemos fazer neste artigo. Confira!


Motor flex falhando por conta da troca de combustível, infelizmente, é algo mais comum do que possa parecer. Mas na maioria das vezes basta uma visita à concessionária para resolverem o problema no parâmetro de reconhecimento de combustível do módulo da injeção eletrônica.

Pois é, a maioria dos problemas dos casos de motor falhando na troca de combustíveis se dá exatamente por conta de um erro de reconhecimento da parte eletrônica do seu carro.
Imagem: Mario Roberto Duran Ortiz

Porém, é sempre bom entender como isso acontece, pois nem sempre a causa da falha será um erro de reconhecimento de combustível. Também é interessante sempre esclarecermos quais os procedimentos tomar quando se troca totalmente o combustível do seu tanque nos carros flex, pois sempre que os devidos procedimentos não são tomados, acontece esse erro. Então, vamos por partes:

Como acontece o erro no reconhecimento do combustível?
Nos carros flex, o módulo da injeção eletrônica precisa reconhecer qual o
combustível utilizado no momento para que assim possa manter uma linha padrão de estequiometria. Para isso, o sistema tem que realizar uma análise com a maior precisão possível. Portanto, analisará o combustível até os números se tornarem estáveis, tornando-o padrão.

No entanto, para que isso aconteça, temos que levar em conta que, quando trocamos o combustível no tanque, ainda há um caminho para percorrer até chegar nos bicos injetores. Esse fator é importante para entendermos a necessidade do procedimento a se tomar quando deixamos de usar álcool para usarmos, ou vice-versa.

Por isso, se faz necessário, sempre, darmos uma volta longa para que o combustível antigo deixe o sistema do carro e o módulo reconheça o novo padrão.

O que fazer quando trocamos o combustível do carro flex?
Esse é um processo bastante simples. Imagine que você esteja usando álcool há algum tempo e agora deseja trocar para gasolina.

O primeiro passo, logicamente, é eliminar o álcool do tanque de combustível. Só abastecer gasolina quando, pelo menos, o tanque chegar na reserva.

O número chave aqui é “15”. Isso porque recomenda-se que o abastecimento com novo combustível seja maior do que 15 litros. Depois disso, se deve andar por 15 km, pelo menos, para que assim o combustível antigo possa ser totalmente trocado pelo atual e o sistema possa reconhecer este com padrão.

E se mesmo com o procedimento o problema continuar?
O normal é que realizado o procedimento indicado acima nas renovações de combustível em carros flex, o problema de motor falhando seja solucionado. Por isso, se o problema persistir, não há dúvidas que você necessita ir até o mecânico para verificar, pois o problema poderá ser outro que acabou tendo os sintomas coincidindo com a troca de combustível, como por exemplo, problema nas velas. 

Novo JAC T6: uma nova opção de SUV no Brasil

O novo JAC T6 pode ser uma opção de carro completo e por um preço bem abaixo da média nacional. Confira aqui os detalhes!


O novo JAC T6 é a mais nova opção entre os carros SUV no Brasil. Além da montadora chinesa ter se dedicado ao visual e também incrementação de tecnologia, o preço é um atrativo em potencial, pois o seu valor máximo beira à media dos seus concorrentes diretos no mercado nacional. No entanto, o câmbio automático, tão desejado e pedido, não é uma realidade neste lançamento.

Mesmo assim, o JAC T6 não deixa de ser um peso para a concorrência, pois é um carro completo, podemos dizer, desde sua versão de entrada. Isso, claro, com algumas ponderações. É certo que a maior parte dos equipamentos estão na versão top de linha. E é exatamente isso que iremos conferir aqui! Saberemos o que há de mais importante nesse SUV e também veremos os seus preços.

Design e dimensões

Na questão do design, realmente não há nada muito impressionante. O T6 é sim um carro com boas linhas e o acabamento agrada, porém, dentro da média em geral. Mas vale dar uma olhada nos acessórios que integram a versão top de linha (Pack 3), que deixam o veículo um tanto quanto mais elegante, como, por exemplo, as rodas aro 17 polegadas personalizadas.

Suas dimensões também estão dentro da média. O porta-malas de 610 litros é ideal para um carro familiar do tipo. Depois temos 4,47 metros de comprimento, 1,67 de largura e 1,84 de altura.

Motorização

Os dados disponíveis mostram uma boa performance para o T6 da JAC Motors. O carro consegue obter 155 cv de potência e 19,9 kgfm com o uso de gasolina, ou então 160 cv de potência e 25,5 kgfm com o uso de etanol. Nisso, vai de 0 a 100 km/h em 12,2 segundos e alcança a velocidade máxima de 186 km/h.

O motor embaixo do capô é o VVT 2.0 de 16 válvulas. Com isso, é possível que exija aceleração elevada em alguns pontos específicos para obter a performance necessária do carro na estrada ou dentro da cidade. Já a mudança de marcha é manual. Infelizmente não há a opção de escolher o câmbio automático.

Tecnologia, segurança e conforto

Como é já sabido dos carros chineses, o T6 segue aquele esquema de trazer vários acessórios de fábrica. Sendo assim, ele não é o que chamam de “carro pelado”.

Além do já esperado ABS com EBD, direção hidráulica, ar-condicionado e airbags, o JAC T6 possui uma série de comodidades por conta de sua central multimídia. A começar pela tela, que pode se integrar ao smartphone, porém, para obter o melhor funcionamento, se aconselha o uso do sistema operacional Android. A versão top de linha ainda oferece câmera de ré.

Preços e versões do novo JAC T6

  • JAC T6 Pack 1: R$ 69.990;
  • JAC T6 Pack 2: R$ 73.990;
  • JAC T6 pack 3: R$ 75.990.

Como economizar combustível em carro automático?

Saiba como aproveitar o melhor do conforto de um câmbio automático no seu carro e ainda por cima fazendo um consumo de combustível econômico


A fama dos carros automáticos serem gastadores de combustível vem de muitos anos. Mas então, qual seria  a melhor maneira para se gastar menos e ainda aproveitar todo o conforto e a segurança das trocas de marchas automáticas?

Bem, em primeiro lugar precisamos desfazer o mitos dos carros com câmbio de marchas automático gastarem mais combustível do que os com câmbio manual. Atualmente o que se pode dizer é até mesmo o contrário, ou seja, que alguns sistemas permitem uma maior economia.

Câmbio automático antes e agora

Para entendermos melhor, precisamos dar uma volta no tempo para vermos o câmbio automático na história dos carros. Acontece que lá nos primeiros era possível encontrar câmbios com quatro marchas e até mesmo três. Sendo assim, fica óbvio que o consumo era muito maior.

Mas e atualmente? Atualmente os fabricantes já resolveram esse problema ao colocarem a mesma quantidade de marchas do manual no automático e, em alguns, até mesmo mais marchas do que no manual.

Novos modelos no mercado

Nesse vídeo informativo da Renault podemos ver uma explicação breve sobre o novo sistema de câmbio automático da marca que, além de ser mais barato do que os convencionais, consegue proporcionar uma melhor economia de combustível (pode ser até 20% menor do que nos manuais):

O gasto é relativo

Em regra, o carro com câmbio automático vai gastar mais combustível, porém, essa afirmação poderá ser relativa. É simples de entender: o câmbio manual será mais econômico se bem utilizado. Isto é, se o condutor dirigir com giro baixo, sem arrancadas bruscas, sem precisar fazer ultrapassagens várias vezes e por aí vai. Logo, como dissemos, é relativo e depende de como a pessoa dirigirá o carro.

É claro que arrancadas bruscas, assim como dirigir com o pé colado no acelerador influenciará para o maior gasto de combustível tanto no carro automático quanto no manual, mas perceba que no automático existe um padrão de giros para a troca, enquanto no manual depende unicamente do motorista.

Colocadas essas ponderações, podemos agora ver cinco dicas simples e eficazes que farão diferença na economia de combustível do seu carro com câmbio automático.

1 - Evite o máximo possível as acelerações bruscas; 
2 - Se os eu sistema for DSG, escolha a opção de fazer as trocas manualmente e fique atento para trocar no giro mais baixo possível (para saber, consulte o manual);
3 - Se o lugar que você for arrancar for íngreme, como uma subida ou até mesmo a rampa da garagem, evite fazer isso na D. A melhor opção nesses casos é colocar na posição 1 e depois, quando o carro já estiver em movimento, passar para D.
4 - Nas descidas escolha uma posição como 2, ou 3, ou 4... enfim se utilize do freio motor, pela segurança e também porque assim a injeção de combustível vai a zero nesse momento.
5 - Quando estiver parado no trânsito, deixe na posição N.

Como economizar combustível na estrada?

Quer saber como economizar combustível na estrada de uma maneira fácil, porém eficaz? Pois aqui falaremos de algumas dicas realmente importantes


Para se economizar combustível na estrada, é necessário tomar algumas precauções e pronto, no final da viagem a diferença será sentida no bolso. Aqui trazemos algumas dicas simples, porém eficazes para se economizar combustível na estada. Confira!

Sem ponto morto na "banguela"

Esta primeira dica sempre se repete quando se fala em economia de combustível, mas mesmo assim poucas pessoas cumprem. Ainda existe quem acredite que o carro estando engatado consome mais combustível do que estando em ponto morto.

Acontece que nos carros atuais, com injeção eletrônica, é muito pelo contrário. Estando em uma marcha, como por exemplo a quinta, descendo a "banguela", a injeção de combustível é cortada. O que acontece é que o computador entende na hora que nesse momento são as rodas que estão movendo o motor e não o motor que está movendo as rodas. Para a injeção de combustível seguir, basta acelerar.

Se deixar no ponto morto, o combustível segue sendo consumido, pois o computador entende que o carro está parado com o motor ligado.

Claro que essa regra já não é válida em carros carburados.

Então, se seu carro funciona com injeção eletrônica, não pense duas vezes em deixar engrenado numa marcha enquanto desce as ladeiras. Além do mais, isso é uma questão de segurança, pois o carro segue com freio motor, o motorista tem tempo de reação melhor caso tiver que realizar uma retomada brusca de velocidade e os demais itens do carro, como a direção hidráulica, seguem funcionando normalmente.

Calibragem dos pneus

manter os pneus na calibragem indicada vai fazer com que o seu motor precisa fazer menos força. Numa bicicleta, por exemplo, logo sentimos diferença quando o pneu está com pouco ar, por outro lado, nos carro essas diferença é pouco sentida. Porém, é uma diferença que, no final das contas, aparece nítida no quanto se gastou de combustível.

A calibragem certa para cada carro deve constar em seu manual. Há diferença entre os automóveis e, vale sempre lembrar, cheque a calibragem antes de viajar, mesmo que tenha enchido os pneus recentemente. Isso é bom até como medida de segurança, assegurando se o ar não está saindo além do normal.

Manter o giro baixo

Esta dica é para carros com câmbio mecânico claro. Um dos benefícios dos carros que não possuem câmbio automático é justamente o poder de controlar os giros do motor. Então, quando estiver na estrada, procure não passar dos 4 mil giros, deixando para elevar apenas nos momentos de ultrapassagem.

A condução serena trará uma bela economia de combustível na conta final.

Janelas fechadas, sim!

Esta é uma questão de aerodinâmica. Se o vento entra pelas janelas abertas, estando o carro numa velocidade de estrada, esse vento imediatamente acabará forçando o carro. Todos nós conhecemos o poder que o vento pode ter, é só sair num dia ventoso. Imagine então ele entrando em alta velocidade segurando seu veículo. Exigirá mais do motor e, consequentemente, mais combustível será gasto. Por isso, janelas fechadas deixam a aerodinâmica presente no desenho do carro trabalhar e o seu bolso agradece.

O peso também conta

Esta dica fica por último justamente porque algumas vezes é até impossível de ser cumprida, como por exemplo nas viagens de férias. Nesse caso, é normal que se leve peso no carro. Então pensar em diminuir o máximo o peso que você está carregando no veículo é essencial, mas em ocasiões onde isso pode ser feito.

Bem, mas o peso transportado no carro influi tanto assim na economia de combustível? Sim. Questão lógica, afinal de contas, quanto mais o motor forçar, mais vai precisar de giro para atingir determinada velocidade e performance. Numa ultrapassagem por exemplo, um carro com porta-malas lotado acaba precisando de uma pressionada consideravelmente maior do que um carro com o bagageiro vazio.

A solução é sempre pensar em carregar o menos possível. Pense se algo é mesmo necessário de ser levado, caso for uma viagem. Porém, há também quem viaje costumeiramente e realmente não carrega tantas coisas, mas acaba lotando o carro de coisas inúteis que só fazem peso.

Como economizar combustível de maneira simples e fácil?

Quer economizar combustível do seu carro de um jeito simples, fácil, porém realmente eficaz? Pois preparamos uma série de artigos para ajudar você a fazer isso!


CONFIRA:

De fato economizar combustível nos dias de hoje vai muito além de simplesmente gastar menos dinheiro. Sim, pois existe todo um contexto ambiental. Para tanto, as empresas do ramo automobilístico adotam essa postura dentro de suas responsabilidades sociais. No entanto, não somente porque o carro é mais econômico que a gente pode sair andando sem se preocupar com nada e esperando que o combustível seja economizado da melhor maneira possível.

A economia de combustível no carro depende do condutor desse veículo. E por incrível que pareça, pequenas coisas durante a condução fazem diferenças espetaculares no final do mês.

Sim, melhorar a economia de combustível no seu carro não é tarefa tão difícil assim. Se pensarmos bem, analisando elas, veremos que as principais praticamente não exigem esforço algum. E, se há alguma coisa que podemos considerar "esforço", seria a adaptação de uma nova maneria de dirigir.

Equipamentos milagrosos para a economia de combustível

Infelizmente o mercado não perde tempo e toda hora lança algo novo com "poderes milagrosos" que promete economizar combustível do seu carro de maneira nunca antes vista. E tem de tudo um pouco.

Mas será que realmente funcionam? Como saberemos? Na verdade não existe uma comprovação científica mostrando a eficácia desses produtos mirabolantes, alguns deles inclusive se quer possuem um pingo de lógica quando se fala do seu funcionamento.

Por isso mesmo não trataremos de nenhum desses produtos. Nossas dicas aqui são baseadas em estudos certos e comprovados, alguns deles até presentes nas instruções dos fabricantes de veículos.

Carburador e Injeção Eletrônica

Alguns mitos serão sanados nas próximas postagens, sendo que uns falam sobre a diferença entre um carro carburado e outro com injeção eletrônica.

Pode ver, as pessoas de mais idade geralmente tendem a ter técnicas de economia de combustível que até funcionavam nos carros carburados, mas com o advento da injeção eletrônica a coisa muda de foco.

Trataremos disso em uma postagem específica, claro, mas desde já podemos lembrar que a injeção eletrônica compõe uma série de medidores interligados visando o melhor funcionamento do motor se utilizando, evidentemente, do meio eletrônico. Logo, certas técnicas que funcionam super bem no sistema mecânico do carburador, podem funcionar super mal, a ponto de resultar em efeito contrário, nos carros com o sistema eletrônico de injeção de combustível.

Economizando de maneira fácil e simples

Com a nossa série de postagens aqui no blog 7mil Giros, esperamos ajudar você nessa empreitada, necessária principalmente num tempo onde o preço do combustível sofre considerável elevação.

Não esqueça de participar com seu comentário ou qualquer outra retribuição. O que você tem a dizer é muito importante para nós.

As novidades do Chevrolet Onix 2015 (fotos e preços)

Líder de vendas da marca por aqui, o Chevrolet Onix chega em sua linha 2015 mais equipado. Confira detalhes de suas versões e seus respectivos preços


Chevrolet Onix 2015 ganhou um aumento no preço que varia de 2,08% a 3,01%, ficando para todas as suas versões a elevação de R$ 1.090. Esse acréscimo não chega a fazer muita diferença na topo de linha LTZ com câmbio automático, mas se nota na sua versão 1.0 de entrada (LS). Mesmo assim, ainda é uma boa opção entre os compactos, tanto é que segue sendo o carro mais vendido da marca.

Desde sua estreia, o Onix vem batendo recordes entre os lançamentos da Chevrolet, principalmente no Brasil. Em abril deste ano suas vendas alcançaram 13.248 unidades, chegando assim em sua melhor marca mensal registrada até então. E para a linha 2015, a Chevrolet disponibilizou mais opcionais tecnológicos já para a versão de entrada. Confira a seguir os detalhes de cada uma das versões e seus preços iniciais.

Chevrolet Onix 2015 LS 1.0

A versão de entrada do Onix linha 2015 vem equipada com o econômico motor 1.0 SPE/4 e o seu conforto fica a cargo da direção hidráulica, desembaçador traseiro integrado, ajuste de altura para o banco do motorista, ar quente e display digital no painel. Na parte da segurança oferece airbag duplo e sistemas de freio ABS e EBD. Os bancos receberam costura especial na cor Ice Blue.
Preço a partir de: R$ 37.290

Chevrolet Onix 2015 LT 1.0

Oferecendo todos os itens de série presentes na versão LS, o Onix 2015 LT 1.0 ainda possui chave estilo canivete e travas e vidros elétricos.
Preço a partir de: R$ 40.690


Chevrolet Onix 2015 LT 1.4

A versão mais potente do Chevrolet Onix 2015 LT acrescenta não somente o motor 1.4, mas também grade frontal com moldura cromada, assim como os seus detalhes internos, maçanetas e retrovisores na cor do veículo, além das rodas em aço de 15 polegadas, lanternas dianteiras e traseiras escurecidas e outros pequenos detalhes mais. O câmbio automático de 6 velocidades já aparece entre os opcionais.
Equipado com câmbio manual tem preço a partir de: R$ 44.640;
Equipado com câmbio automático tem preço a partir de: R$ 49.490.


Chevrolet Onix 2015 LTZ 1.4

Esta é a versão topo de linha do Chevrolet Onix 2015, por isso, além de todos os itens disponíveis na versão LT 1.4, vem com espelhos retrovisores e vidros traseiros elétricos, rodas de alumínio de 15 polegadas, faróis de nebrina e computador de bordo. Também tem a opção pelo câmbio automático.
Equipado com câmbio manual tem preço a partir de: R$ 49.940;
Equipado com câmbio automático tem preço a partir de: R$ 53.490.